HuffPost, blogs e jornais

Achei a aula de hoje, terça-feira, interessante pela forma como foi discutida. É pela definição do que é a informação jornalística da e para a Internet que se deve começar. A ideia de que a net não mata os jornais é uma bolsa de ar (mas eu só arriscaria para as revistas premium…). Ao mesmo tempo, fica a ideia de que é preciso pensar a melhor forma de dar informação aos leitores fora dos cânones do papel. E pensar de raiz, como se não fôssemos jornalistas, de preferência. O Huffington Post é o melhor exemplo de um meio de informação que põe em causa o jornalismo como o tínhamos pensado até aqui – até mexe na deontologia e ética! Sobre isso, a New Yorker (por falar em revistas premium…) tem um excelente artigo aqui.

Uma resposta a HuffPost, blogs e jornais

  1. rosentalves diz:

    Hugo,
    Obrigado pelo comentario e pelo artigo da New Yorker, que, por certo, teve uma enorme repercussao nos Estados Unidos e no resto do mundo. Alias, o HuffPost aparece com enorme destaque neste artigo. A questao do futuro dos jornais ainda esta muito indefinida, mas uma coisa e certa: nunca se leu tanto jornal como se le hoje, se consideramos a leitura nas duas plataformas: print e online.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: